NOTA



A Associação dos Delegados de Polícia Civil do Rio Grande do Norte (ADEPOL/RN) vem a público manifestar que, apesar da total falta de condições de trabalho, a Polícia Civil do Estado, rotineiramente, tem demonstrado todo seu esforço na superação das dificuldades, realizando operações e ações de combate à criminalidade.

 

A falta de investimentos e de adoção de política de Estado de combate à violência são retratadas nas estatísticas e problemas diariamente expostos nos canais de comunicação social. A necessidade de priorização nas investigações de crimes é evidente. A ostensividade do policiamento é importante como prevenção, mas se não completarmos a cadeia com a investigação dos crimes e manutenção dos criminosos segregados não conseguiremos reduzir os lamentáveis números de crimes que aumentaram drasticamente no Estado, notadamente crimes contra a vida, bem maior do cidadão.

 

A sociedade potiguar conhece as delegacias de polícia e são nossas testemunhas da absoluta falta de condições de trabalho. Quanto ao efetivo dos 5150 cargos existentes no nosso quadro, apenas 1472 estão ocupados, gerando um déficit de mais de 70% de pessoal.

 

Desde 2010, lutamos pela nomeação dos concursados, medida que constitui direito daqueles que se submeteram ao concurso e necessidade imperiosa da nossa instituição.

 

Diante dessa inegável realidade, a nomeação dos concursados e a luta por melhores condições de trabalho é pauta comum da nossa entidade, da ASSESP e do Sindicato dos Policiais Civis do Estado.

 

 

Ana Claudia Saraiva Gomes
Presidente da ADEPOL/RN
site: www.adepolrn.com.br
Fone: 84 3202-9443



Postado em: 12/07/2013

<< Voltar

Associação dos Delegados de Polícia Civil do Rio Grande do Norte - ADEPOL-RN
Rua João XXIII, nº 1848 - Mãe Luiza - Tel.: (84) 3202.9443 - Natal/RN
E-mail: adepolrn@gmail.com