adepolrn@gmail.com (84) 3202.9443

Artigo: Delegados, a seu dispor

Delegado de Polícia Pedro Carlos Rodrigues

 

Existem profissões que permitem levar uma vida tranquila, em que é possível encerrar o expediente às seis horas da tarde e deslocar-se para casa para aproveitar um tempo com a família ou com os amigos. Delegado de Polícia, definitivamente, não é uma profissão dessas. Ser delegado é ser 24 horas por dia o seu trabalho, mas não veja isso com uma coisa totalmente ruim, pois é preciso muito amor pela profissão para aceitar trabalhar todo dia para garantir a segurança do cidadão.

Existem inúmeros casos de delegados que exercem sua função por plantões de longas horas, com leituras de boletins de ocorrência, condução de investigações, orientações de atendimento e gestão das questões que ocorrem na delegacia. Entre as funções de um delegado de polícia existe uma que deve ser destacada: a mediação de conflito. É missão de um delegado promover a cultura da paz e evitar violência. Tudo isso com um único objetivo: segurança. Delegados e agentes lutam exaustivamente para garantir que a Lei seja cumprida. É preciso valorizar tal dedicação.

Contudo essa devoção leva anos para poder ser exercida. Delegados são formados em direito, passaram por concursos, superaram a Academia de Polícia – ACADEPOL e ainda assim estão diariamente aprendendo com seus companheiros e colegas a melhor forma de proteger a todos. Tal função exige muito treinamento, estudo e resiliência. As delegacias são a sala de aula, o campo de treinamento e prova final de todas autoridades policiais.

No Dia do Delegado reiteramos a necessidade de entender que assim como os agentes e escrivães, os delegados são humanos como seus defeitos e problemas, mas todos trabalham pelo bem comum e colaboram para tornar a Polícia Civil, e as outras unidades policiais brasileiras, instituições fortes e respeitadas. As delegacias são onde a justiça começa a ser feita e onde o cidadão deve se sentir mais protegido. Nunca se esqueça, os delegados estão a seu dispor, para servir e proteger.

Presidente da Associação dos Delegados de Polícia do Rio Grande do Sul