Três homicidios marcam o início da semana em Natal



A delegacia de Maxaranguape deverá apurar o caso, mas o que está causando estranheza à Polícia até agora é a morte da jovem Elaine dos Santos Rodrigues, cujo cadáver foi encontrado ao lado de uma motocicleta (NOD-9206) nas proximidades do  condomínio Palm Springs, às 22:55 do sábado, dia 19. O veículo estava com a chave na ignição e também havia desaparecido o piloto Leonardo de Souza.

O que mais intriga a Polícia é o fato de que um dia antes, na tarde da sexta-feira, dia 18, o casal havia comparecido à Delegacia de Maxaranguape e logo foi liberado, depois de uma averiguação que constatou que a moto não era roubada e tinha chapa "quente", legalizada no Departamento Estadual de Trânsito (Detran-RN).

Mas, chegou a informação para a Polícia, segundo o delegado da 4ª turma de plantão da Zona Norte, Heleno Luiz dos Santos, que os dois tinham passado pelo distrito de Dom Marcolino, e quando seguiam para Ceará Mirim, teriam sofrido uma emboscada nas imediações daquele condomínio. Elaine Rodrigues foi morta a tiros, enquanto o rapaz que a acompanhava teria entrado no mato para fugir dos homens que estavam à espreita em um carro, mas até a manhã de ontem não havia desaparecido. No local foram encontradas cápsulas de balas deflagadas de pistolas 380 e 9 milímetros.

HOMICIDIO NA ÁFRICA - Também foi morto a tiros Francisco Ronieli de Oliveira Lopes, mais conhecido na praia da Redinha como "Cabeludo". O delegado Heleno Luiz dos Santos levantou, inicialmente, que a vítima passou uma parte da noite bebendo num bar da Redinha e depois fez o percurso entre o local onde ele caiu morto, na rua São Luiz, até a rua Beberibe, na Favela da África, para onde "Cabeludo" teria ido comprar drogas.

Em um local mais distante um pouco de onde a vítima morreu, escorada e com a cabeça encostada no antebraço, estava a sua motocicleta, manchada de sangue. Mais alguns metros, foi encontrado um tênis e já em frente ao ponto de venda de drogas, de onde a vítima correu, a Polícia achou o outro tênis. Uma linha de investigação que deverá ser seguida pela Polícia, é que na frente dessa casa mora a irmã do traficante conhecido como "Eduardo Rony", o qual deixou o presídio recentemente. Uma mulher loura que estava bebendo com a vítima deverá ser arrolada como testemunha.

HOMICIDIO NO GOLANDIM - O flanelinha João Micael Barbosa Balbino também foi assassinado a tiros por uma pessoa conhecida como "Papa-figo", no distrito de Golandim, município de São Gonçalo do  Amarante. A vítima e o acusado teriam começado uma discussão na Manoel Caetano, em frente a casa de número 175. De lá, o flanelinha  foi perseguido até a rua Santana, próximo ao mercadinho Bom Jesus, onde caiu depois de sofrer dois tiros. A vítima tinha uma tatuagem no braço esquerdo, com as iniciais PCJ e mais duas, nas pernas esquerda e direita.

Fonte: Tribuna do Norte



Postado em: 21/05/2012

<< Voltar

Associação dos Delegados de Polícia Civil do Rio Grande do Norte - ADEPOL-RN
Rua João XXIII, nº 1848 - Mãe Luiza - Tel.: (84) 3202.9443 - Natal/RN
E-mail: adepolrn@gmail.com