EM UM ANO VIOLÊNCIA EM TOUROS AUMENTA 466% E EFETIVO POLICIAL DIMINUI 40%



EM UM ANO VIOLÊNCIA EM TOUROS AUMENTA 466% E EFETIVO POLICIAL DIMINUI 40%

 

Em apenas um ano (2016-2017) a cidade de Touros amarga um aumento de 466% nos registros de homicídios, segundo dados do Observatório da Violência do RN-OBVIO e divulgado pela imprensa local. No entanto, a cidade depara-se com uma redução de 40% no efetivo da polícia responsável pela investigação desses casos, a Polícia Civil.

 

No início de 2016, a delegacia de Touros contava com uma equipe composta por 10 policiais civis (entre delegado, agentes e escrivão), quando a cidade registrava 03  casos de homicídios até o dia 05 de maio. Um ano depois, em 2017, a delegacia conta com um efetivo de apenas 6 policiais civis, apesar de o município registrar 17 assassinatos, no mesmo período.

 

“A falta de investimentos na polícia investigativa tem uma influência direta no aumento desses casos. Até porque é da sua atribuição identificar os culpados e coletar todas as provas para que a prática criminosa seja devidamente punida de forma rápida e eficaz”, afirma o delegado João Paulo Pinho Cabral, titular da delegacia de Touros e diretor da ADEPOL/RN.

 

A ADEPOL entende que investimentos materiais e humanos na Polícia Civil devem ser incluídos na política de Segurança Pública, como forma de se coibir este tipo de crime, e dar a resposta rápida e eficaz que a sociedade tanto almeja. Até porque, é na delegacia de polícia que a justiça começa a ser feita.



Postado em: 10/05/2017

<< Voltar

Associação dos Delegados de Polícia Civil do Rio Grande do Norte - ADEPOL-RN
Rua João XXIII, nº 1848 - Mãe Luiza - Tel.: (84) 3202.9443 - Natal/RN
E-mail: adepolrn@gmail.com