Central de Flagrantes é inaugurada com homenagem à Margareth Gondim



O Governo do Estado inaugurou nesta quarta-feira (28), a Central de Flagrantes, que atenderá as ocorrências de flagrantes delitos praticadas nas zonas Sul, Leste e Oeste de Natal. Além disso, a Delegacia de Plantão zona Sul, que funcionava na avenida Prudente de Morais, passa a funcionar também no prédio que existe dentro da área da sede da Delegacia Geral de Polícia Civil (DEGEPOL), no bairro de Cidade da Esperança.

Na solenidade, o programa RN Sustentável, através de recursos com o Banco Mundial, entregou uma van, no valor de R$ 146.700,00 reais, para melhorar a estrutura e o trabalho realizado pela Coordenadoria da Defesa da Mulher e das Minorias (CODIMM).

A estrutura do prédio foi reformada e adaptada para dar suporte a todos os serviços que irão ser mantidos dia e noite. A Polícia Civil montou equipes que atenderão ao público e receberão os presos em flagrante que foram detidos por policiais militares ou policiais civis. Dois delegados trabalharão durante todo o dia. Esta forma de trabalho vai permitir que haja um desafogamento dos trabalhos que antes eram realizados nas unidades distritais.

Na recepção, os cidadãos contarão com um painel informativo que marcará ordem e tempo de atendimento. As mulheres que forem vítimas de violência serão atendidas exclusivamente por policiais civis do sexo feminino, em uma sala exclusiva, que recebeu o nome de "Sala Lilás Margareth Gondim”, em homenagem à primeira delegada da Defesa da Mulher do Estado. Neste espaço, uma agente de Polícia Civil capacitada fará o atendimento e acolhimento das vítimas mulheres.

Outro diferencial do prédio é a existência de uma entrada exclusiva para presos, o que garantirá uma maior segurança. Os cidadãos não terão nenhum contato com os suspeitos que estiverem sendo conduzidos à Central de Flagrantes ou à Delegacia de Plantão Zona Sul. A estrutura do prédio também conta com dois cartórios; um alojamento; uma copa; duas celas de contenção para presos e uma sala de investigação.

O delegado geral de Polícia Civil, Claiton Pinho, destacou a importância da Central de Flagrantes no que tange à agilidade de procedimentos, bem como do trabalho das polícias Civil e Militar. “Nós estamos entregando hoje à sociedade a 1ª Central de Flagrantes do estado. Esse projeto foi desenvolvido pela Polícia Civil ao longo de todo esse ano de 2016, contando com a colaboração de todos os diretores para que esse feito chegasse e culminasse com a inauguração dessa Central, que fornecerá um local de excelência para que os policiais desenvolvam as suas atividades. O novo prédio possibilitará uma maior agilidade nos procedimentos internos, e no trabalho de equipes de polícias Civil e Militar”, destacou.

Segundo o secretário de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social, Caio Bezerra, a estrutura da Central de Flagrantes também assegurará um melhor atendimento às mulheres vítimas de violência, que terão uma sala reservada para elas. “A Central de Flagrantes é um sonho concretizado não só pela Polícia Civil, mas também por toda a segurança pública, que contará com uma concentração de flagrantes em um regime de 24 horas mais célere. Através dessa estrutura, feita com o apoio do Itep, o nosso atendimento se tornará mais eficiente, especialmente às mulheres vítimas de violência, que serão acolhidas por policiais capacitadas”, explica.

O governador Robinson Faria ressaltou a conquista do novo espaço, evidenciando que a inovação melhorará o padrão da segurança pública do Estado. “Esse é um momento novo e histórico para o Rio Grande do Norte, o qual estamos realizando um sonho de otimização dos serviços da segurança pública, que dessa forma realizado hoje, dará uma maior tranquilidade às pessoas das Zonas Sul, Leste e Oeste de Natal. A Central de Flagrantes é uma grande conquista, principalmente no que se refere ao atendimento à população, que será recebida por equipes qualificadas”, ressaltou o chefe do executivo estadual, parabenizando a delegada Margareth Gondim pela “merecida homenagem” e citando várias vezes o nome do delegado Maurílio Pinto de Medeiros, presente ao evento, como uma referência na segurança potiguar. “Eu era menino e já ouvia falar do doutor Maurílio Pinto, o xerife, um policial destemido que protegia a sociedade. Maurílio Pinto é um patrimônio do Rio Grande do Norte, é um patrimônio nosso”, discursou o governador, no momento em que foi mais aplaudido.

Emocionada, a delegada Margareth Gondim disse que um dos momentos mais difíceis da sua vida, foi quando precisou se aposentar. “Por mim, eu trabalharia na Polícia Civil até o fim da minha vida. Sou policial civil com muito orgulho. Eu poderia ter feito concurso para qualquer outra coisa, mas escolhi ser policial civil”, disse a delegada aposentada, sendo bastante aplaudida.

Acompanharam a solenidade a secretária-chefe do Gabinete Civil, Tatiana Mendes Cunha; os secretários de Estado da Justiça e Cidadania, Wallber Virgolino; de Relações Institucionais, Getúlio Ribeiro; da Comunicação, Juliska Azevedo; de Políticas para Mulheres, Flávia Lisboa; além do comandante Geral da Polícia Militar, coronel André Azevedo; do delegado-geral Cleiton Pinho e do comandante Geral do Corpo de Bombeiros, coronel Sócrates Vieira. Representando a Assembleia Legislativa, o deputado Jacó Jácome falou em nome da Casa Legislativa, parabenizando o Governo do Estado pela iniciativa e a Polícia Civil pela conquista.

SERVIÇO

A Central de Flagrantes começará o atendimento a partir da próxima segunda-feira (2). A Delegacia de Plantão zona Sul já está em funcionamento. O prédio fica na avenida Interventor Mário Câmara (Av. 6), 2550, Cidade da Esperança, no cruzamento com a avenida Capitão-mor Gouveia.


 
Assessoria de Comunicação da Adepol

Com informações da Assecom RN e
Assessoria de Imprensa da Polícia Civil

Fotos: Demis Roussos/Assecom



Postado em: 28/12/2016

<< Voltar

Associação dos Delegados de Polícia Civil do Rio Grande do Norte - ADEPOL-RN
Rua João XXIII, nº 1848 - Mãe Luiza - Tel.: (84) 3202.9443 - Natal/RN
E-mail: adepolrn@gmail.com