Polícia prende suspeitos de matar universitária na Zona Norte



Foram presos os dois homens suspeitos de participarem do assalto que terminou com a morte da estudante universitária Maria Karolayne Álvares de Melo, na tarde desta quarta-feira (20) na avenida Itapetinga, na zona Norte de Natal. Segundo a Polícia Civil, os bandidos confessaram o crime.



Os criminosos foram detidos ainda na noite de ontem. De acordo com a polícia, a jovem de 19 anos caminhava ao lado da irmã mais nova, na Avenida Itapetinga, na Zona Norte da capital, quando foi abordada por dois homens que estavam numa motocicleta e anunciaram o assalto. Sem reagir, entregou o celular. Mesmo assim, levou um tiro no peito esquerdo e morreu antes da chegada do socorro médico.


De acordo com a assessoria de comunicação da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Sesed), a área na qual ocorreu o homicídio contava com o patrulhamento de uma viatura extra da Polícia Militar, mas que não houve como impedir o assalto.


Poucas horas após o latrocínio que vitimou a universitária, a movimentação de familiares e amigos da vítima era intensa na sede do Itep/RN, na Ribeira. O corpo da jovem chegou ao Instituto no início da noite de ontem, após ser inicialmente periciado no local do crime. Diferente das informações preliminares, de que a jovem havia sido atingida por dois disparos, técnicos do Setor de Radiografias do Itep confirmaram  que Maria Karolayne foi morta com um tiro no peito esquerdo. Não foi identificada nenhuma outra perfuração à bala.


O pai da jovem, João Maria F. De Melo, que é motorista de ambulâncias do Samu e servidor do Departamento Financeiro do Idema, não falou à imprensa. Ele foi pessoalmente ao Itep para dar andamento aos trâmites burocráticos para realização da autópsia e liberação do corpo ainda no início da noite de ontem. Funcionários do Instituto relataram que ele estava profundamente abalado. Os amigos que acompanharam os demais familiares, nos poucos comentários que faziam enquanto se abraçavam, ressaltaram que “a violência em Natal e no Rio Grande do Norte está sem limites e que o Governo do Estado precisa agir com urgência”.


O velório de Maria Karolayne Álvares de Melo começou à meia-noite de ontem, em um centro de velório no Conjunto Santa Catarina, e o sepultamento está marcado para ocorrer às 16h, no Cemitério Parque da Passagem, em Extremoz.



Postado em: 21/01/2016

<< Voltar

Associação dos Delegados de Polícia Civil do Rio Grande do Norte - ADEPOL-RN
Rua João XXIII, nº 1848 - Mãe Luiza - Tel.: (84) 3202.9443 - Natal/RN
E-mail: adepolrn@gmail.com