Polícia Civil prendeu mais de 800 suspeitos em 2015



Polícia Civil prendeu mais de 800 suspeitos em 2015
160 novos policiais civis foram empossados e 53 Operações policiais foram efetivadas

A Polícia Civil do Rio do Grande termina o ano de 2015 contabilizando, até 23 de dezembro deste ano, a prisão de 843 pessoas que são suspeitas de terem realizado crimes e de foragidos da Justiça. Um dos grandes benefícios para a sociedade foi a implantação do Complexo de Delegacias Especializadas (CODEPC) em Natal e a nomeação de 160 novos policiais civis, que já estão trabalhando em todo o Estado.


A quantidade de pessoas que foram detidas é resultado de trabalhos investigativos, de prisões em flagrante e da realização de 56 Operações Policiais que aconteceram durante todo o ano de 2015. Durante o ano, 968 quilos de drogas foram apreendidas pela Delegacia Especializada em Narcóticos (Denarc).
As prisões feitas pela Polícia Civil aconteceram em Natal, Região Metropolitana e no interior do Estado. Os suspeitos que foram presos são investigados por terem praticados crimes como homicídio, tráfico de drogas, roubos, furtos, explosões a caixas eletrônicos, receptação de veículos, estupro, posse e porte ilegal de arma de fogo, falsificação de produtos (Cd´s, Dvd´s e sandálias), latrocínio e estelionato, crime sexual contra crianças e violência doméstica.
Além das prisões e apreensões de produtos oriundos do crime, a Polícia Civil realizou, por meio da Academia de Polícia Civil (Acadepol), Cursos de Formação para Delegados, Escrivães e Agentes de Polícia que foram aprovados no último concurso da Instituição. Durante o segundo semestre, foram empossados 160 novos policiais civis policiais sendo 44 delegados, 29 escrivães e 87 agentes de polícia.

Durante o ano, a Divisão de Combate ao Crime Organizado (Deicor) desbaratou 11 associações criminosas que explodiram e roubaram dinheiro de caixas eletrônicos. Entre as ações realizadas pela Especializada tiveram destaque a descoberta, em maio, de túnel que tinha como destino a Empresa de Transporte de Valores Brinks, localizado em Natal.


Entre as Operações Policiais que mais prenderam suspeitos estão a Operação Folia, que deteve 46 pessoas, e foi comandada pela Delegacia Especializada em Capturas e Polinter (Decap), no mês de fevereiro; Também no mês de fevereiro, foram detidas 25 pessoas durante a Operação Carnaval, ação realizada por um conjunto de delegacias.


A Operação Dominó, realizada pela Delegacia Municipal de Polícia Civil de Caicó que prendeu 31 pessoas suspeitas de praticarem homicídios, roubos, furtos, tráfico de drogas e associação criminosa na cidade de Caicó, no mês de julho.


Entre os 968 quilos de drogas apreendidas pela Denarc estão 927 quilos de maconha, 19 quilos de cocaína, 21 quilos de crack, 12 gramas de haxixe, 348 comprimidos de ectasy e 12 comprimidos de LSD.


A Polícia Civil executou um orçamento de aproximadamente R$ 1.200.000 para o ano de 2015 e entre o maior deles está o gasto de R$ 300 mil com o mobiliário que foi comprado para o Complexo de Delegacias Especializadas, que começou a funcionar no início de outubro, em Natal.

Complexo de Delegacias Especializadas (CODEPC) - Com o intuito de oferecer um atendimento especializado e concentrado, a Polícia Civil do Rio Grande vem oferecendo a oferta de serviços de nove delegacias especializadas em um mesmo prédio, localizado no bairro de Neópolis, em Natal.

No prédio funcionam a Delegacia Especializada em Armas, Munições e Explosivos (Dame); Delegacia Especializada em Acidentes de Veículos (DEAV); Delegacia Especializada em Capturas (Decap); Delegacia Especializada de Costumes (DEC); Delegacia Especializada em Defesa do Consumidor (Decon); Delegacia Especializada em Falsificações e Defraudações (DEFD); Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (Defur); Delegacia Especializada de Narcóticos (Denarc) e Delegacia Especializada de Proteção ao Idoso (DEPI).



Ações durante o ano 2015


Janeiro - foram realizadas 51 prisões e quatro Operações Policiais denominadas de Boas Vindas, Sem Noção, Pirâmide e Roupa Nova, além do fechamento de uma casa de jogos e cinco pontos de vendas de drogas.


Fevereiro - 138 prisões que aconteceram foram resultado de ações isoladas e da realização de quatro Operações Policiais (Volta às aulas, Folia, Abre Alas e Carnaval).


Março - 30 pessoas foram detidas e realizadas duas Operações policiais. No dia 06 de março, duas Operações foram deflagradas a “Templo”, realizada em Macaíba e “Operação Lucinha”, que aconteceu em Assú. No dia 29 de março foi deflagrada a Operação Hefesto na cidade de Currais Novos, uma ação conjunta da Divisão Especializada de Combate ao Crime Organizado (Deicor) e do BOPE, que teve como objetivo desarticular uma organização criminosa que atuava na explosão de caixas eletrônicos, pelo Estado.


Uma das maiores apreensões de droga foi realizada pela equipe da Delegacia de Macaíba, no Estado de São Paulo. Foram apreendidos 1.850 papelotes de cocaína, 2.550 pedras de crack, 500 trouxinhas de maconha, além de uma pistola ponto 45 e 11 rádios comunicadores (HTs).


Abril - 54 pessoas foram detidas.  No período foram desencadeadas duas operações policiais, Colômbia e Labirinto. Na Operação Colômbia, que aconteceu no dia 08, a Polícia prendeu 15 pessoas suspeitas de integrarem uma organização criminosa que praticava o crime de agiotagem contra pequenos comerciantes de Natal. No dia 10, a Polícia Civil apreendeu 48 máquinas de jogos ilegais em Natal, equipamentos eletrônicos, celulares e dinheiro.

 
Maio- 48 prisões foram feitas pela Polícia Civil.  As maiores prisões foram realizadas pela 2ª. Delegacia Regional de Polícia Civil de Mossoró, que conseguiu prender 25 pessoas durante o mês e da Delegacia de Caraúbas que capturou 10 suspeitos.


Junho - Durante o mês de junho, a Polícia Civil do Rio do Grande efetuou a prisão de 110 pessoas suspeitas. No período, foram realizadas cinco Operações Policiais denominadas Operações Nordeste Integrado I, Recado Dado, Sol Nascente, Sossego e Nursia.


No dia 10 de junho, foi realizada a Operação Nordeste Integrado que resultou na prisão de 56 pessoas e apreensão de 4.445 DVDs piratas, 1.757 CDs piratas, armas e munições calibre .38,  além de 200 gramas de cocaína.


Participaram da ação, policiais civis de Delegacias Especializadas, de Delegacias Regionais de Polícia (DRPC), e de Delegacias da capital e dos municípios.

Entre as unidades que atuaram, na Operação Brasil Integrado, estavam a Delegacia Especializada em Fraudes e Defraudações (DEFD), a Delegacia de Narcóticos (Denarc) e a Delegacia de Atendimento à Mulher de Mossoró (Deam).


Também fizeram parte da Operação as equipes das DRPC´s das cidades de São Paulo do Potengi, Mossoró, Caicó, Pau dos Ferros, Macau, Nova Cruz, Patú, Alexandria, Santa Cruz e João Câmara. O trabalho também foi executado por equipes das delegacias municipais de Pedro Velho, Santo Antônio, Tangará, Pipa, Luís Gomes, Serra Negra do Norte, Portalegre, Assu, Parelhas e 2ª Delegacia de Polícia de Natal.


A Operação Sol Nascente, foi realizada no dia 11 de junho, pela 1ª. Delegacia Regional de São Paulo do Potengi. Durante a ação, seis pessoas foram presas e dois adolescentes foram apreendidos. Foram apreendidos armas, munições, crack e mais de três mil reais em dinheiro fracionado.


No dia 12 de junho, a Divisão Especializada em Combate ao Crime Organizado (Deicor) deflagrou a Operação Nursia, que resultou na prisão de quatro integrantes de uma organização criminosa. O grupo, que atuava em crimes contra agências bancárias e lojas, foi detido na cidade de São Bento do Norte.

Na última semana do mês, os policiais civis da Delegacia Especializada em Falsificações e Defraudações (DEFD) apreenderam 125 pares de sandálias falsificadas da marca Kenner no dia 25, no bairro do Alecrim.


Julho – Foram presas 88 pessoas e realizadas nove Operações Policiais: Sapucaia, Templo, Menudo, Pirâmide, Roupa Nova, Dominó, Delivery e Toca do Coelho. Na Operação Anjos Caídos, comandada pela Delegacia Especializada de Narcóticos (Denarc) de Natal, foi desarticulada uma associação criminosa que agia no tráfico de drogas, assaltos e homicídios em cidades como Santa Cruz e Tangará, no dia 30.


Foram presos, em cumprimento a mandados de prisão 30 suspeitos; 15 mandados foram cumpridos contra pessoas que estavam soltas ( três mulheres, 12 homens) e apreendido um adolescente. Também foram cumpridos 15 mandados de prisão contra criminosos do grupo que já estão detidos em unidades prisionais e cumpridos mandados de busca e apreensão nos locais onde estavam os suspeitos.


Agosto – Cinco Operações policiais e 44 suspeitos presos durante o mês. Um destaque foi a apreensão de 100 mil carteiras de cigarro da marca Souza Cruz, avaliadas em 1 milhão e 200 mil reais, que estavam escondidas em túnel na cidade de Caraúbas. A apreensão foi resultado da Operação Pirâmide, realizada pela Delegacia de Polícia Civil de Caraúbas. A ação policial realizada na cidade contou com o apoio das Delegacias de Umarizal e Patu e Grupos Táticos Operacionais (GTO´s) de Alexandria, Patu e Apodi.


Setembro – 69 suspeitos foram presos e cinco Operações policiais foram realizadas.  Policiais civis da Delegacia Especializada em Narcóticos (DENARC) apreenderam a quantia de 200 quilos de maconha, no dia 17, em Natal.


Outubro – 62 suspeitos detidos e realização de quatro Operações Policiais. A Deicor realizou a Operação Explosion que prendeu sete suspeitos que vinham explodindo caixas eletrônicos no Estado. Foram apreendidos com o grupo a quantia de 56 mil reais; armas; cinco bananas de dinamite prontas para uso; dois rádios transmissores; cinco coletes, dos quais um possuía identificação da Polícia Militar e outro com identificação da Polícia Rodoviária Federal; três tabletes de maconha; além de quatro carros e uma moto.


Novembro - No penúltimo mês do ano, a Polícia Civil do Rio do Grande efetuou a prisão de 72 pessoas suspeitas de terem praticado crimes na capital e no interior do Estado e realizou quatro Operações Policiais: 171, Áries, Playboy e Ribeirinhos. No dia 17, a Delegacia de Currais Novos deflagrou a Operação Áries que conseguiu prender 29 pessoas que são suspeitas pela prática do crime de tráfico de drogas na região.


Dezembro-  No último mês do ano, foram presos 77 suspeitos e efetivadas três operações policiais. Na Operação Abril Despedaçado, realizada no dia 10, a Delegacia de Polícia Civil de Assú prendeu 15 suspeitos que tinham envolvimento com os “crimes de pistolagem". No dia 11 de dezembro, policiais civis da Divisão Especializada de Combate ao Crime Organizado (DEICOR) prenderam cinco suspeitos que atuavam explodindo caixas eletrônicos no interior do Estado.

A Delegacia de Polícia de Patu deflagrou a "Operação Integração”, no dia 19, e  prendeu três suspeitos pela prática do crime de tráfico de drogas. No dia 23, a 1ª. Delegacia Regional de Polícia Civil realizou a Operação Regresso nas cidades de Bom Jesus, São Paulo do Potengi e Riachuelo e prendeu 11 pessoas que têm envolvimento com o tráfico de drogas.



Postado em: 01/01/2016

<< Voltar

Associação dos Delegados de Polícia Civil do Rio Grande do Norte - ADEPOL-RN
Rua João XXIII, nº 1848 - Mãe Luiza - Tel.: (84) 3202.9443 - Natal/RN
E-mail: adepolrn@gmail.com