Polícia Civil prende suspeito que usou criança de cinco anos como escudo humano em arrastão



A Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (Defur) prendeu Italo Pedro Chaves Bevenuto (22 anos), em cumprimento a um mandado de prisão preventiva, na manhã desta quinta-feira (19). Ele é suspeito de ter usado uma criança, de apenas cinco anos, como escudo humano para realizar um arrastão em uma residência localizada em Parnamirim.

O crime, que aconteceu no dia 21 de outubro, teria sido praticado por três homens. “Dois deles renderam a babá e dois filhos do casal que brincavam em uma praça e conduziram os três até a residência dos mesmos. Durante a ação criminosa, Italo Pedro Chaves Bevenuto ficou com uma arma de fogo apontada na cabeça da criança, enquanto o outro comparsa subtraia os objetos da casa. Os pais clamaram para que fossem trocados pelo filho, mas o suspeito decidia não liberar a criança”, detalhou o delegado titular da Defur, Herlânio Cruz.

Durante o arrastão, a dupla conseguiu subtrair aparelhos eletrônicos, jóias e relógios. Um terceiro suspeito ficou em um carro que foi usado para dar fuga ao grupo. “Italo Pedro Chaves Bevenuto foi reconhecido por testemunhas como sendo o homem que apontou a arma na cabeça da criança. Porém, ele tem negado a participação no crime”, revelou o delegado Herlânio Cruz.



Postado em: 19/11/2015

<< Voltar

Associação dos Delegados de Polícia Civil do Rio Grande do Norte - ADEPOL-RN
Rua João XXIII, nº 1848 - Mãe Luiza - Tel.: (84) 3202.9443 - Natal/RN
E-mail: adepolrn@gmail.com