Dificuldades enfrentadas pela Delegacia da Mulher são apresentadas à deputada estadual.



Neste mês de março, quando se iniciam as atividades alusivas ao Dia Internacional da Mulher, a deputada Cristiane Dantas, PC do B, visitou nesta segunda-feira, 2, a Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam), no bairro da Ribeira. A deputada foi recebida pela delegada titular da delegacia, Michelle Alcântara. No encontro a parlamentar foi informada sobre o atendimento às mulheres vítimas de violência, como também sobre as principais dificuldades que impedem o cumprimento integral da Lei Maria da Penha.

 

A delegada Michelle Alcântara destacou como prioridade a necessidade mais agentes de polícia. A Deam atualmente conta com 13 agentes e destes cinco estão afastados por licenças ou férias. “Essa realidade está bem distante da nossa necessidade. Nós precisaríamos ter no mínimo 40 agentes para atender todas as ocorrências da delegacia. Só do início do ano para cá instauramos mais de 100 inquéritos. Muitos estão parados porque não temos quem façam as diligências”, relata a delegada.

 

Para reduzir a carga de trabalho da Deam, a deputada Cristiane Dantas informou que na próxima segunda-feira, 9, o governador Robinson Faria vai assinar o decreto que determinará à Delegacia da Mulher apenas realizar investigações sobre casos de violências contra a mulher e crimes sexuais. Os crimes comuns que tenham envolvimento da mulher serão investigados pelas delegacias distritais.

 

“Esse decreto era uma reivindicação antiga. Assim que assumi meu mandato fui procurada pela coordenadora de defesa das minorias que pediu apoio junto ao Governador para que o decreto fosse assinado. Fiz a solicitação pessoalmente e na próxima semana poderemos comemorar esse avanço que vai melhorar a qualidade do trabalho realizado pela Delegacia da Mulher”, declarou Cristiane Dantas.

 

Da reunião com a delegada da mulher, a deputada ainda ouviu reivindicações que poderão gerar requerimentos na Assembleia Legislativa para garantir ainda mais os direitos e a proteção das mulheres vítimas de violência.

 

“Como parlamentar farei o esforço que for necessário para que a Lei Maria da Penha seja cumprida integralmente. Apesar das dificuldades, a Deam realiza um importante trabalho e atendimento às mulheres vítimas da violência e, por isso, merece o nosso total apoio e respeito”, finalizou a deputada.



Postado em: 03/03/2015

<< Voltar

Associação dos Delegados de Polícia Civil do Rio Grande do Norte - ADEPOL-RN
Rua João XXIII, nº 1848 - Mãe Luiza - Tel.: (84) 3202.9443 - Natal/RN
E-mail: adepolrn@gmail.com